Entenda agora como fazer uma reunião de feedback

Acompanhe nossas dicas para fazer uma reunião de feedback mais proveitosa com seus colaboradores!

 

Dar um retorno sobre o desempenho dos colaboradores é uma maneira de estimular o desenvolvimento e impactar na produtividade. Acontece que a reunião de feedback pode ser um momento de aflição para muitas pessoas, e por isso é necessário realizar um planejamento para tornar esse encontro mais leve e positivo.

 

Implementar essa cultura é essencial para aprimorar os processos na empresa e orientar o time para que alcance melhores resultados. As reuniões de feedback são como um alinhamento, em que o gestor alerta sobre algumas atitudes que não contribuem para o alcance dos objetivos do negócio, podendo fazer intervenções pontuais ou observações avaliativas.

 

Tudo isso deve ser apontado com cuidado, de forma acolhedora para não deixar a equipe desconfortável. Então, veja como organizar e executar uma reunião de feedback!

 

Planeje a reunião de feedback

 

A preparação é extremamente necessária para você conseguir dar retornos sobre a performance da sua equipe. Fazer reuniões no improviso não é nada positivo. Afinal, como mostrar evidências dos comportamentos dos colaboradores se você não os lembrar? Pode cair no erro de só evidenciar os mais recentes e não ser preciso.

 

Nesse sentido, é válido criar uma planilha com pontos importantes e desenvolver um roteiro com o que será dito em cada etapa, de maneira que o momento seja mais produtivo. O ideal é tomar nota dos comportamentos apresentados por seus colaboradores constantemente, assim, ao realizar uma reunião de feedback, terá essas informações para alinhar com seus colaboradores, trazendo exemplos de comportamentos apresentados.

 

Escolha local e momento certos

 

É preciso saber a hora certa para marcar e realizar a reunião de feedback, o que envolve novamente um trabalho de planejamento. Não se pode esperar muito tempo nem dar retornos durante uma situação de estresse ou conflito.

 

A escolha do local também merece atenção. Abordar um funcionário em frente aos outros para falar sobre algum comportamento é inapropriado, pois gera desconforto, por exemplo. Dessa maneira, é preciso ver um lugar privado em que não haja interferências para que a conversa flua sem dificuldades.

 

Não esqueça dos pontos positivos

 

Saber que a gestão vai promover uma reunião para dar feedbacks já pode gerar aflição entre os colaboradores. Portanto, para quebrar o gelo e mostrar que eles não estão correndo riscos, comece expondo aspectos positivos e destaque características da equipe que contribuem para a empresa. Isso cria uma atmosfera construtiva.

 

Somente após eles estarem mais relaxados é que você pode introduzir aos poucos os assuntos em que são necessárias melhorias. Não esqueça, o feedback impulsiona o desenvolvimento, mas precisa ser claro, preciso e respeitoso.

 

Tenha metas e um plano de ação

 

Os feedbacks são dados como um caminho para solucionar problemas que estejam afetando a produtividade na empresa. Por isso, conte com a colaboração dos funcionários para criar um plano de ação e definir as metas.

 

Tomar os devidos cuidados na reunião de feedback entregará muitos benefícios a curto, médio e longo prazo. Esses momentos podem contribuir muito para aumentar a produtividade, desde que sejam conduzidos apropriadamente. Sendo assim, utilize as dicas acima para conversar de forma mais aberta com os colaboradores.

 

Achou as dicas deste post válidas? Então, assine nossa newsletter para receber mais conteúdos no seu e-mail!