Entenda sobre a metodologia SCRUM e como se relaciona com a gestão de Pessoas

A metodologia SCRUM se trata de uma metodologia ágil que pode trazer grandes benefícios na gestão de pessoas da sua empresa. Descubra mais sobre ela e veja como se relaciona com a gestão de pessoas!


Sabemos que gerir equipes não é uma tarefa fácil. É necessário ter muito adaptabilidade, maleabilidade e pensamento rápido, atributos que a metodologia SCRUM é capaz de te ajudar a implementar no dia a dia da sua equipe.


Assim como o Kanban, o Lean e o Squads, a metodologia SCRUM se trata de uma metodologia ágil que pode trazer grandes benefícios na gestão de pessoas da sua empresa.


Mas quais são os requisitos para a aplicação dessa metodologia na gestão da minha equipe? Será que qualquer empresa está apta a implantar essa metodologia? Essa e outra pergunta é o que vamos responder aqui neste artigo!


As metodologias RH ágeis e seu poder de maximização


As metodologias de RH ágeis são um conjunto de práticas que quando implementadas na gestão de talentos na empresa são capazes de otimizar de forma geral o rendimento da equipe.


Isso porque essas metodologias são capazes de criar consciência de grupo na equipe e todos passam a ter consciência de que os resultados são frutos do esforço de cada um, e todos têm sua parcela nos sucessos dos projetos da equipe.


A metodologia SCRUM é uma dessas metodologias em que todos se envolvem de forma igualitária buscando almejar um objetivo maior. Mas o que diferencia a metodologia SCRUM das demais metodologias RH ágeis?


O diferencial na metodologia SCRUM


Na metodologia SCRUM os projetos são divididos em ciclos, chamados sprints, onde ocorrem verificações análises de impacto constante e replanejamento feitos pelo gestor do projeto.


As análises de impacto e de risco devem ser feitas constantemente para que seja possível identificar e solucionar problemas, em encontros chamados “daily meetings”.


Quanto aos sprints, é interessante que cada um dure no máximo quatro semanas, e no fim, espera-se que o produto esteja em condições potenciais para ser entregue ao cliente.


As constantes alterações no escopo do projeto que são necessárias a cada sprint aprimoram o projeto e o tornam mais próximos da visão refinada pelo cliente.


Para melhor gerenciamento do tempo, na metodologia SCRUM define-se uma data final estimada do projeto, chamada “burndown graph”, no entanto esse prazo pode ir sofrendo alterações de acordo com a evolução dos sprints.


As grandes vantagens de usar a metodologia SCRUM


A metodologia SCRUM produz excelentes efeitos na produtividade da equipe, principalmente em tempos como os atuais, em que é necessário agilidade, foco e engajamento da equipe, podendo ser facilmente adaptada a situações as quais a equipe possa trabalhar de forma remota.


As verificações constantes no escopo de projetos oferecem às empresas a oportunidade de se adiantarem e fazerem adaptações em seus negócios de acordo com as constantes mudanças do cenário no qual está inserida.


Ao utilizar a metodologia SCRUM a equipe se torna autogerenciável, sendo necessária a presença de um gestor do projeto apenas para acompanhar a evolução do escopo do projeto.


Os daily meeting que são encontros diários em que toda a equipe envolvida com o projeto se reúne para avaliar o andamento do projeto são momentos em que a comunicação interna é favorecida e promovem engajamento da equipe, sendo então importantes não só para o projeto como também para a gestão de pessoas como um todo.


Os projetos desenvolvidos através da metodologia SCRUM tendem a ser projetos de alta qualidade, uma vez que são verificados constantemente durante seu desenvolvimento o que minimiza as falhas no escopo final.


A metodologia SCRUM aplicada ao RH


Equipes de RH que utilizam a metodologia SCRUM tendem a ser mais ágeis e resilientes, características essenciais para a gestão otimizada dos talentos da empresa.


De forma prática é possível, por exemplo, que um grande processo seletivo seja dividido em uma série de sprints que otimizem a seleção, adaptando todo o processo às necessidades que forem surgindo no decorrer do mesmo.


O fato é que ao aplicarmos a metodologia SCRUM em departamentos de RH otimizamos a forma como essas equipes tendem a atuar para gerar valor para as organizações e para os talentos que a compõem.


É importante que tenhamos em mente, no entanto que o RH poderá utilizar a metodologia, mas não somente ele, já que a metodologia SCRUM pode beneficiar todos os setores e projetos dentro de uma organização.


As mudanças necessárias para adotar o sistema


Ao adotar a metodologia SCRUM é necessário que se tenha em mente que algumas mudanças de rotina e organizacionais serão necessárias. A começar pelos daily meeting que são tão importantes para o andamento e verificação dos projetos da equipe.


A organização estrutural da equipe também tende a mudar, de modo que as pessoas passam a ter novos papéis, responsabilidades, ferramentas e rotinas para implementar.


É nessas adaptações que o RH se faz tão importante, definindo a estrutura dessas funções, suas novas e flexíveis responsabilidades.


O maior engajamento e a colaboração das equipes


As empresas que optam por aplicar a metodologia ágil SCRUM em sua forma de gestão de projetos e de pessoas precisam investir no engajamento de suas equipes.


Antes de mais nada, é importante lembrar que um dos princípios das metodologias de RH ágeis é a criação de um ambiente em que toda a equipe se sintam parte integrante de todas as decisões.


Então, é necessário que se crie um ambiente aberto às diferentes opiniões da equipe, proporcionando a todos os membros tenham espaço para liderar e assumir riscos e responsabilidades.


Assim como outras metodologias ágeis de gestão, a metodologia SCRUM, quando aplicada de forma adequada, pode tornar qualquer equipe mais eficiente e eficaz. Ou seja, muito mais capaz de oferecer um melhor atendimento ao cliente!


Além disso, toda a atuação da equipe se torna mais estratégica, buscando sempre se adiantar ao futuro. A metodologia SCRUM permite que a organização tente, com mais acertos, antever os problemas e demandas que possam surgir e afetar o escopo final do projeto.