Home » Cases » Como a Mirador praticou a escuta ativa com seus colaboradores e manteve a equipe engajada durante a pandemia
Compartilhe

Como a Mirador praticou a escuta ativa com seus colaboradores e manteve a equipe engajada durante a pandemia

Foto de César Nanci, especialista Pulses em Data Science
Por Cesar Nanci 8 min leitura

Atenção e frequência na escuta ativa e contínua dos colaboradores foi essencial para superar a crise do COVID-19 na Mirador

O ano de 2020 foi bastante desafiador para as empresas de modo geral e novas questões foram surgindo como, por exemplo: como praticar a escuta ativa e fazer a gestão do clima organizacional à distância? E como estar próximo dos colaboradores neste momento tão crítico?

Isso por conta da pandemia do coronavírus, em que muitas se depararam com a necessidade de realizar mudanças e adaptações ao ambiente de trabalho.

Diante do novo cenário, a Mirador atendeu a demanda de adotar novas formas inovadoras para fazer a gestão do clima e engajamento na organização.

Leia este case para saber como a Pulses ajudou a empresa a realizar a escuta ativa e contínua dos colaboradores, principalmente neste período de pandemia.

Profissional praticando a escuta ativa com dois funcionários do sexo femininoSobre a Mirador

A Mirador, importante consultoria brasileira do segmento dos Fundos de Pensão e das Seguradoras, desenvolve serviços de consultoria atuarial, gestão e risco, comunicação e tecnologia. 

Criada no ano de 2002, integra profissionais experientes para auxiliar na solução dos desafios de projeções financeiras e de risco, com o uso de modernas ferramentas, programadas por jovens talentos.

E, como não podem deixar de fora do mundo moderno, contam também com uma equipe de comunicação incrível para auxiliar nas estratégias de colocação dos produtos e serviços desenvolvidos para seus clientes ofertarem ao mercado. 

A união da experiência com a inovação tem trazido um valor agregado aos clientes da Mirador, pois os problemas e o desenvolvimento de produtos são tratados com novas ferramentas, alinhadas para o perfil de um novo consumidor!

Uso da Pulses

A Mirador iniciou o uso da Pulses em 2019, ainda no teste gratuito, e foi ampliando a participação da ferramenta à medida em que via resultados.

Os feedbacks dos colaboradores também foram importantes no processo, para que a utilização da ferramenta de forma permanente passasse a ser uma decisão estratégica.

Segundo Giancarlo Germany, Diretor da Mirador, com o uso da Pulses as pessoas foram descobrindo coisas importantes do cotidiano organizacional, inclusive situações que elas mesmas não paravam para pensar antes.

Isso alertou para questões interessantes e que melhoraram ainda mais o ambiente de trabalho!

Assim, semanalmente os diretores analisavam as 12 Dimensões do dashboard do Pulses, avaliavam as questões que precisavam de mais atenção, atuando rapidamente com os colaboradores. 

O que se observou é que, semanalmente, se discutiam situações pontuais para ajuste e, pelo fato de se manter um pensamento constante em novas formas de manter a harmonia já conquistada dentro da empresa, as ações também eram rapidamente percebidas pelos colaboradores.

Esse fato acabava refletindo nas pontuações da plataforma Pulses nas semanas seguintes e foi isso que fez com que a diretoria adotasse, permanentemente, o uso da Pulses com os colaboradores.

De acordo com Giancarlo, toda segunda-feira é feita uma análise dos resultados da plataforma para saber quais dimensões precisam de maior atenção.

Podem ser coisas simples a serem discutidas, como a evolução do indicador sobre a estrutura da empresa (equipamentos, condições de trabalhos, etc.), ou situações complexas, como as vivenciadas durante a Pandemia do COVID-19, em que diversos colaboradores registravam falta de energia para trabalhar ou por uma permanência trabalhando muitas horas a mais do que o habitual. 

Além de levar esse relatório para as reuniões de sócios e diretores, ele também compartilha os resultados com toda a empresa, para discutir com o pessoal e ter um pensamento coletivo sobre o que é importante e que faz sentido na Mirador.

Colocando as pessoas em primeiro lugar através da escuta ativa

A Mirador é composta por pessoas que se importam, de fato, com outras pessoas.

É por isso que, segundo Magdarlise Dal Fiume Germany, Diretora de Comunicação e Tecnologia da Mirador, a Pulses caiu como uma luva para a empresa, porque ela não mede só a satisfação com o trabalho em si, ela mede outros fatores que afetam no trabalho e na vida das pessoas

Isso ajudou a Mirador a estar mais próxima dos seus colaboradores e mostrar como se importa com eles, criando uma cultura que coloca as pessoas em primeiro lugar, ou seja, que faz uma escuta ativa e contínua e promove ações para melhorar a experiência delas na organização.

Inclusive, essa característica, entre muitas outras, fez com que a empresa recebesse o Selo People First da Pulses.

Os colaboradores também perceberam como é importante expressarem suas percepções para ajudar num diagnóstico assertivo do clima organizacional.

E os relatos nos feedbacks não mentem: as pessoas relataram que se sentiam mais tranquilas, abertas e à vontade para compartilhar, através da ferramenta.

Agilidade nas respostas e ações

A agilidade nas respostas aos resultados da plataforma são um diferencial da Mirador, segundo Magda:

“Aqui nós tomamos decisões de forma muito rápida e, também, implementamos dessa forma. Quando apareceu, por exemplo, que os colaboradores sentiam que não se alimentavam bem na dimensão de bem-estar, nós agimos procurando alternativas e possibilidades de mudança, implementando e divulgando.

E, de fato, as pessoas melhoraram sua alimentação quando, por exemplo, disponibilizamos mais opções saudáveis no local. A Geladeira da Saúde foi um marco nesse processo, pois trouxe uma evidência de que o que se buscava era, realmente, entender as pessoas e promover novidades que impactassem positivamente a nossa vida (individual e coletiva).”

Uma outra situação que ilustra essa rápida ação da empresa foi quando perceberam que a pontuação referente às ferramentas e condições de trabalho, que inicialmente estava na escala de 9,5, teve uma constante decaída.

Ao investigarem, viram que três pessoas estavam com problemas nos computadores e que existia um problema de sinal de wifi em algumas áreas do escritório e, assim, puderam consertá-los logo, o que fez a pontuação do pulso nas semanas seguintes voltar a subir.

Para Magda, ver essa mudança nas pontuações conforme as ações são tomadas é muito importante para tornar todo esse processo menos abstrato e mais tangível.

O escopo da Pulses também é algo essencial para ela, pois é possível resolver desde fatores relacionados à saúde, ao sentimento sobre o desenvolvimento da carreira dos colaboradores, sobre a capacidade de inovação da empresa, até os mais operacionais.

Como praticar a escuta ativa ajudou no período de pandemia

A pandemia do coronavírus trouxe, além de diversas mudanças que tivemos que nos adaptar, vários sentimentos e preocupações que antes não tínhamos.

Foi através da pesquisa do Termômetro do Novo Normal, desenvolvida pela Pulses, que a Mirador pôde perceber que, quando se tratava da segurança que as pessoas da organização estavam sentindo no momento mais intenso da pandemia, elas estavam mais preocupadas com seus familiares do que com elas mesmas.

Este tipo de preocupação é algo que pode afetar na produtividade e engajamento das pessoas, interferindo no seu cotidiano. Assim, a Mirador buscou apoio com uma empresa de Psicólogas, para ajudar os colaboradores neste momento complexo da pandemia.

Para Magda, isso dificilmente seria percebido sem o uso da ferramenta:

“Fazemos de tudo dentro da empresa para as pessoas se sentirem empoderadas e participativas, mas às vezes tem algo correlacionado na vida delas que está afetando e não conseguimos enxergar, porque talvez nem ela mesma tenha parado para pensar. Esse retorno veio pela ferramenta.”

Ela ainda compartilhou que foi preciso pensar em outras estratégias como, por exemplo, substituir o Happy Hour presencial.

A solução foi disponibilizar valores em crédito para os colaboradores usarem no Ifood e fazer reuniões virtuais, como: MiraGames, MiraCook, Mirador em Meia Horinha.

Encontros que mantinham a integração da equipe e buscavam descontrair aquelas semanas intermináveis da pandemia.

A criação de planos de ação

Quando existe alguma dimensão que precisa de mais atenção, a própria plataforma Pulses dá insights e dicas de ações que podem ser tomadas para que ocorra a mudança do score.

Na Mirador, segundo Giancarlo, eles adaptam e utilizam essas recomendações, trazendo para a realidade da empresa. Mas também, muitas são criadas em reuniões com os colaboradores:

“A tomada de decisão na Mirador é muito horizontal, independente da hierarquia. Se um estagiário tem uma ideia legal e for viável, nós vamos correr atrás para implementar, pois o objetivo sempre é tentar melhorar o ambiente para todos.”

A importância de participar

A participação nas pesquisas é sempre reforçada nas reuniões, mas para Giancarlo, é algo que já virou natural:

“Acho que ‘está no sangue’ da nossa empresa, faz parte da nossa cultura. As pessoas sabem da importância de participar das pesquisas, pois elas sabem que os resultados são analisados e voltam para elas por meio de melhorias. E são apenas 2 ou 3 minutos por semana, em um aplicativo super amigável, para termos tudo isso em mãos para trabalharmos.”

Para Magda, o retorno recebido com a participação dos colaboradores é um dos fatores que mais os incentivam à participação. Afinal, eles percebem como a escuta ativa e contínua transformou o ambiente de trabalho.

E aí, curtiu este case? Quer saber como a Pulses, plataforma de gestão contínua de pessoas, também pode ajudar a sua empresa? Cadastre-se e faça um teste gratuito da plataforma aqui!

Cesar Nanci Cesar Nanci é Cofounder e CEO da Pulses. Especialista em Data Science, dedica-se à aplicação dos conceitos de Analytics e Big Data à gestão de pessoas (People Analytics), com foco especial em Engajamento e Performance. Doutor em Engenharia de Produção e Six Sigma Black Belt. Possui 15 anos de experiência no ramo de consultoria. linkedin.com/in/cesar-nanci/
O que você achou ?
Curti
Divertido
Adorei
Surpreso
Chateado

Obrigado pelo seu feedback!

Através dele conseguiremos melhorar cada vez mais a sua experiência.

Quer receber mais conteúdos incríveis?

Cadastre-se e receba semanalmente nossos conteúdos por e-mail!