Home » Blog » Inovação » 9 tendências de RH para 2022 que sua empresa precisa acompanhar
Compartilhe

9 tendências de RH para 2022 que sua empresa precisa acompanhar

Foto de César Nanci, especialista Pulses em Data Science
Por Cesar Nanci 9 min leitura

Confira as tendências de RH para 2022 e torne sua gestão de pessoas mais estratégica

A área de Recursos Humanos, com atuação cada vez mais estratégica nas empresas, deve seguir o dinamismo do mercado. Afinal, nada mudou mais nos últimos anos do que a forma de se trabalhar. Por isso é importante acompanhar as tendências de RH para 2022.

Afinal, o planejamento da sua empresa precisa acompanhar esse ritmo!

Fechar um período para iniciar outro significa revisar o que foi feito e olhar para o futuro com vontade de acertar. No momento de pensar no que passou e de propor iniciativas para o ano que está chegando, saiba o que levar em conta para ter sucesso!

Confira as 9 tendências de RH para 2022 neste conteúdo preparado pela Pulses e comece mais um ciclo com o pé direito!

1 ? Novos modelos de trabalho são tendência de RH para 2022

A pandemia trouxe a necessidade do isolamento social e disseminou a possibilidade de se trabalhar à distância como única alternativa por um tempo. Tudo indica que o tradicional escritório será cada vez menos frequente. 

Barreiras culturais e tecnológicas foram rompidas, e essa mudança estrutural no trabalho trouxe desafios e ganhos:

Quadro estrutural no trabalho com desafios e ganhos para mostrar tendências de rh para 2022

Ainda é cedo para qualquer afirmação e muitos dados precisam de tempo para se confirmarem.

Porém, pesquisas acompanhadas pela McKinsey & Company, por exemplo, mostram que empresas têm percebido aumento da produtividade em colaboradores com regime de trabalho remoto.

Em média, mais de 40% dos profissionais entrevistados declararam se sentirem mais produtivos. O fato é que 81% das pessoas preferem não voltar ao escritório de agora em diante, segundo apuração da Harvard Business School Online.

Pessoa em cima de uma escada olhando para frente com um telescópio em referência as tendências de rh para 2022

Home office

Também chamado de teletrabalho ou escritório em casa, corresponde à possibilidade de o funcionário exercer sua função a partir de qualquer lugar. É possível mensurar o trabalho por horas cumpridas (a partir de controle de ponto remoto) ou por entregas.

Jornada híbrida

É uma opção para equilibrar o trabalho remoto e presencial. Com o modelo híbrido, as empresas sugerem que o colaborador exerça parte do trabalho no escritório e parte à distância

Horários flexíveis

O chamado horário comercial nem sempre representa o período do dia mais produtivo para os colaboradores.

A suspensão de horário fixo também é uma tendência de RH para 2022 nas empresas, e o desempenho dos profissionais é medido pelas entregas, e não por horas trabalhadas.

Freelancer

O profissional escolhe os horários e os trabalhos que deseja fazer. É possível atender mais de uma empresa por vez, e é um modelo muito buscado por pessoas que pretendem ter mais liberdade de horários. 

2 ?  Employee Experience em alta

Este é um conceito que já vem sendo muito discutido, mas podemos dizer que os holofotes da gestão de RH serão colocados sobre ele em 2022. O fator que motiva o employee experience é a oportunidade de retenção de talentos gerada pela qualidade das experiências de trabalho.

Planejar e oferecer um conjunto de ações que priorizem o bem-estar e a visão positiva do trabalhador sobre a empresa é uma das metas dos gestores de RH. 

De acordo com a AIHR Academy, as pessoas mudam de emprego, geralmente, a cada quatro anos. A chave para manter os profissionais no time por mais tempo está em proporcionar atrativos diferentes e oportunidades de carreira

As empresas têm encontrado no apoio a mudanças uma chance de contar com pessoas mais qualificadas, engajadas e experientes. Converse com as lideranças e entenda as possibilidades de desenvolvimento de habilidades e recolocações no negócio. 

3 ? Mais destaque para People Analytics

Obter dados sobre as equipes é um passo que não tem uma sequência adequada sem uma boa interpretação. Por isso, contar com tecnologias especializadas em People Analytics é a única forma de embasar tomadas de decisão.

É uma medida válida tanto para profissionais já contratados quanto para o processo de recrutamento e seleção de candidatos. 

Prepare-se para ouvir e lidar cada vez mais com termos como:

    • Big data — método empregado em soluções para análise de grandes volumes e variedade de dados;
    • Business Intelligence — também conhecido como Inteligência de Negócios, tem a funcionalidade de reunir, tratar e aplicar informações destinadas à gestão;
    • Inteligência Artificial e Machine Learning — automações que simulam comportamentos e padrões humanos, aplicáveis em tarefas rotineiras.

Por falar em Machine Learning…

Você sabia que processos de recrutamento e seleção de candidatos têm contado com recursos de Machine Learning como aliados? 

Funciona assim: os currículos são analisados por tecnologias que agrupam as informações em um banco de dados. Fica muito mais rápido e fácil encontrar pessoas com perfis em conformidade com a cultura organizacional e proposta do negócio. 

Considere essa tendência de RH para 2022!

4 ?  Iniciativas para promover o bem-estar

Você sabe como a equipe está em questão de saúde mental? 

Depois de um longo período marcado por tantas transformações repentinas e pela diminuição do convívio social, esse é um ponto de atenção que deve ser mantido no radar.

O novo Atlas da Saúde Mental, publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), alerta para a ausência de políticas públicas de cuidado com o emocional em escala primária da saúde em vários países

Praticamente metade dos estados membros não pratica medidas alinhadas aos instrumentos internacionais e regionais de direitos humanos. A meta prevista pela OMS era de que 80% seguissem as diretrizes. 

No Brasil, pesquisadores comprovaram que uma demanda de mais de 400 mil casos — com sintomas partindo de depressão e outros transtornos mentais graves — foi reprimida logo nos primeiros seis meses de pandemia.  

Ouvir os colaboradores e mensurar o bem-estar desses profissionais é essencial para uma gestão que coloca as pessoas em primeiro lugar. Por essa razão, a Pesquisa de Bem-estar Emocional de colaboradores é tão importante.

Para saber mais sobre a importância da iniciativa, assista abaixo ao vídeo com Maristela Pelagio, especialista de Clima e Engajamento na Pulses:

O mundo corporativo está cada vez mais humanizado, e é preciso considerar a saúde integral como prioridade!

Para prevenir quadros críticos (como é o caso do Burnout), promova o bem-estar no trabalho.

5 ? Desenvolvimento de líderes

As corporações têm apostado cada vez mais na capacitação para incentivar novas habilidades e identificar potenciais novos gestores em suas equipes. Não se esqueça: o desenvolvimento de líderes é papel do RH, mas as lideranças atuais podem atuar em conjunto nessa frente. 

O RH estratégico pensa a longo prazo, e olhar com cuidado para os líderes atuais e futuros é a garantia de prolongar a atenção com o capital humano da organização.

Diante de tantas incertezas e da instabilidade do mundo corporativo atual, preparar os profissionais é uma excelente opção para lidar com novos desafios!

A Gartner retratou em uma pesquisa que essa é a prioridade para 45% dos líderes de Recursos Humanos em 2022.

6 ? Treinamentos e cursos online

Mais frequente entre colaboradores com idade inferior a 45 anos, segundo pesquisa anteriormente citada da Harvard Business School, opções de cursos digitais se mantiveram aquecidas durante a pandemia. E essa modalidade pretende continuar em crescimento!

34% dos profissionais afirmaram que aproveitaram a disponibilidade de tempo durante o trabalho remoto para se capacitarem online. 

A praticidade e a diversidade de ofertas fez com que esse tópico se mantivesse entre as tendências de RH para o próximo ano. 

7 ? Foco em novas habilidades

Especialistas defendem que o mercado exige atualmente transformações profundas de mentalidade acerca das habilidades profissionais. A demanda por competências novas requeridas por modelos digitais é um desses casos.

A Gartner apurou ainda que 59% dos gestores terão esse item como prioridade no planejamento estratégico de RH para 2022.

É impossível ter domínio sobre quais serão as skills mais requisitadas a médio e longo prazos. Porém, a mudança de mindset provocou movimentações nas organizações, principalmente naquelas que já enfrentam problemas em decorrência disso. 

Vale, agora, basear as estratégias em forças de trabalho orientadas pela adaptabilidade, e não somente em funções específicas. 

8 ? Mais digital, menos burocrático

Essa é a tendência para ações de construção de novas propostas de design organizacional. O RH tem a atribuição de pensar em ideias para transformar as empresas no novo cenário que atravessamos.

Para isso, considere:

    • medir os impactos e progressos constantemente (com pesquisas por pulso, por exemplo);
    • estimular interações e cooperação entre os departamentos da empresa;
    • conectar e, se preciso for, adaptar as metas do negócio à nova realidade;
    • eliminar ao máximo burocracias que dificultem a liberdade de atuação dos profissionais;
    • propor maneiras de construir laços sociais e emocionais para unir pessoas e times em um contexto cada vez mais digitalizado.

9 ? Gestão em tempo real com base em histórico de dados

Mais uma vez, a exigência de dados está presente entre as tendências de RH para 2022! Já deu para perceber o quanto eles serão cada vez mais relevantes, não é mesmo?

Assegurar uma base de informações sobre aspectos variados relacionados à gestão melhora a previsibilidade e o preparo do time. Soma-se a isso, ainda, o embasamento para tomadas de decisão com mais coerência.

Aposte em tecnologias de RH para o sucesso das suas ações!

Siga as tendências de RH para 2022 e otimize sua gestão de pessoas

Em resumo, podemos afirmar que as seguintes palavras virão com força total em 2022:

    • tecnologia;
    • dados;
    • mudanças.

Para acompanhar tudo o que abordamos neste artigo e ainda manter o time atualizado, é importante também saber como os dados podem te ajudar a fazer gestão de recursos humanos.

Pensando nisso, a Pulses, plataforma de gestão contínua de pessoas, preparou um conteúdo especial sobre o uso de dados em tomadas de decisão para lideranças.

Então, aproveite! Acesse o material abaixo e confira as ferramentas necessárias para alcançar o sucesso.

Acesse agora o Calendário 2022 de RH e planeje-se para o que vem por aí!

Pessoa ao lado de calendário em referência as tendências de rh para 2022

Cesar Nanci Cesar Nanci é Cofounder e CEO da Pulses. Especialista em Data Science, dedica-se à aplicação dos conceitos de Analytics e Big Data à gestão de pessoas (People Analytics), com foco especial em Engajamento e Performance. Doutor em Engenharia de Produção e Six Sigma Black Belt. Possui 15 anos de experiência no ramo de consultoria. linkedin.com/in/cesar-nanci/
O que você achou ?
Curti
Divertido
Adorei
Surpreso
Chateado

Obrigado pelo seu feedback!

Através dele conseguiremos melhorar cada vez mais a sua experiência.

Quer receber mais conteúdos incríveis?

Cadastre-se e receba semanalmente nossos conteúdos por e-mail!