Home » Blog » Blog » RH estratégico: como esta área pode impulsionar a empresa
Compartilhe

RH estratégico: como esta área pode impulsionar a empresa

Por Michelly Dellecave 8 min leitura

Com inovação e visão estratégica, a área de recursos humanos pode transformar a realidade de uma empresa

Se um dia o RH já foi visto como a área burocrática da empresa, responsável pela gestão de benefícios e contratação de colaboradores, hoje a realidade é diferente. O setor inovou e se reposicionou dentro dos negócios trazendo importantes questões à tona.

Muito tem se discutido sobre quais são as possibilidades, ferramentas e o papel do RH estratégico dentro das organizações. Neste novo modelo, o desafio é focar em pessoas, cuidar do employee experience, disseminar o employer branding e ser guardião da cultura.

Além de fazer com que todos esses pontos contribuam para a conquista das metas estipuladas para o desenvolvimento da organização. Uma estratégia bem definida e embasada muitas vezes é o trampolim necessário para alavancar o desempenho da equipe.

É por isso que te convidamos para essa leitura. Mantenha-se atualizada e atualizado com a Pulses, e descubra agora tudo o que envolve uma atuação planejada para sua gestão de RH!

Pessoas cercadas por imagens de livros, alvos, e moedas. Ao centro, um foguete sendo lançado em referência ao rh estratégico

O que é RH estratégico?

A gestão estratégica de Recursos Humanos significa integrar a longo prazo as táticas de RH aos objetivos organizacionais.

Essa definição passa por profissionais preparados para os novos perfis – tanto de colaboradores quanto de ambientes de trabalho -, obtenção e análise de grande quantidade de dados e conhecimento aprofundado sobre a equipe para tomadas de decisão feitas com clareza

Isso não significa que a área não deva olhar para funções mais “tradicionais”, como ponto eletrônico, holerite e atividades do departamento pessoal.

Elas, inclusive, passaram por otimizações com o uso de novas tecnologias que favorecem o ganho de tempo e facilitam esses controles.

O que passou a ser agregado à função do RH foi uma visão mais crítica sobre o dia a dia corporativo, uma postura analítica e uma presença bem mais próxima às rotinas de toda empresa.

Agora, é preciso dividir tempo e energia para dar conta de funções meramente operacionais e dedicar a gestão ao aprimoramento constante – considerando pessoas, processos e cultura – para evolução dos resultados.

Qual o papel do Recursos Humanos estratégicos?

A palavra “estratégia” tem origem grega, do termo “stratègós”, e quer dizer plano, método, manobras que devem ser feitas para se alcançar um objetivo. 

E se o papel das áreas de recursos humanos é garantir o alto desempenho do negócio, podemos presumir que existem várias pequenas metas a serem ponderadas nos planejamentos. 

Falaremos em detalhes sobre cada uma delas na sequência.

Visão estratégica

Não há como atuar estrategicamente quando não se tem conhecimento – ou não há repasse de diretrizes fundamentais como missão, valores e metas do negócio.

É preciso trabalhar o acesso e a comunicação eficaz do time de RH com a diretoria para assegurar esse envolvimento. 

E, claro, de nada adianta manter essas informações entre os profissionais da área. Repercutir tudo isso através de ações planejadas é como a visão estratégica deve acontecer na prática

Liderança

A conexão entre o RH e os gestores da empresa compõe mais um item a ser observado entre os papéis de um RH estratégico.

Afinal, os líderes são porta-vozes de todas as mensagens e práticas visadas pela sua gestão de RH.

Essa relação é capaz de alavancar o ativo mais valioso do negócio: as pessoas.

Análise de dados 

O apoio de tecnologias representa um grande passo em direção à atuação estratégica do RH.

Métodos de People Analyticscomo é chamada a análise de dados dentro da gestão de pessoas – são eficazes para descobertas de informações para decisões mais ágeis, precisas e adequadas ao cenário da empresa (tanto atual quanto o que se pretende atingir).

É função do time de recursos humanos aplicá-los!

Cultura organizacional 

Estratégias de RH têm uma função primordial: aliar a rotina de trabalho – orientada pela visão do negócio – à cultura organizacional, que precisa ser frequentemente fortalecida (ainda mais em casos de rápido crescimento).

Esse reforço tem tudo para ocorrer de forma natural quando existe sintonia entre as atividades desempenhadas pelo time de gestão e as definições do planejamento estratégico da empresa.

Porém, manter a clareza sobre os valores e o posicionamento da marca são condições importantes neste ponto, também.

Retenção de talentos 

Você sabia que, de acordo com uma pesquisa realizada pela Mckinsey, profissionais talentosos têm chances de apresentar desempenho até oito vezes superior em um time?

Isso é observado especialmente em ocupações de grande complexidade. 

Desmembrando ainda mais esse número, calculou-se que: no caso de um projeto que levaria três anos para ser concluído, por exemplo, se 20% de pessoas com talento mediano fossem substituídas por um grande talento, ele levaria menos de um ano para concluir a entrega.

É por esse ganho que uma área de RH conduzida estrategicamente dedica-se a propor um conjunto de ações e políticas que possam assegurar uma jornada duradoura dos profissionais na organização.

Como implementar o RH estratégico?

Para que todos esses papéis que citamos acima possam ser desempenhados com eficiência, a participação do RH em reuniões da diretoria, por exemplo, é indispensável. É o primeiro passo para esse tipo de articulação.

Conhecer alguns exemplos práticos também pode contribuir para que a sua gestão caminhe nesse sentido. Como inspiração, podemos citar 2 empresas que utilizam um time de recursos humanos estratégico para obter sucesso:

  • Google: com inúmeras vantagens oferecidas aos funcionários e instalações incríveis, a gigante investe claramente em pessoas e mantém essa meta na vanguarda da estratégia geral de negócios. Já falamos, inclusive, sobre os diferenciais do seu clima organizacional no blog da Pulses;
  • Nissan: não ocultar os salários dos trabalhadores, manter boa remuneração e oportunizar aos líderes a escolha das próprias equipes torna a Nissan mais uma empresa com atenção voltada aos seus profissionais e ao engajamento. 

Ambas são conhecidas por buscarem o máximo possível de inovação para se manterem à frente da concorrência. É necessário, porém, entender o que é estratégico para o seu negócio.

Sugerimos algumas etapas para que você inicie o planejamento estratégico junto ao seu time de RH:

  1. Avalie a situação atual e reflita sobre onde a empresa está neste momento;
  2. Visualize e discuta com o grupo aonde se quer chegar;
  3. Liste ideias sobre como será possível atingir esse patamar idealizado;
  4. Estipule uma ferramenta que auxilie na avaliação do progresso das ações com pesquisas que demonstrem se a sua equipe e as estratégias definidas estão no caminho certo.

Tenha em mente, ainda, que esse processo não tem fim. Com o dinamismo das relações de trabalho e com a volatilidade do mercado atual, prepare-se para encarar novidades sempre.

Como o RH impulsiona a empresa

Planejar ações possibilita entregas da área de RH que vão além do cumprimento de leis e convenções sindicais. Com isso, a empresa sai em vantagem, com ganhos como:

  • Precisão e maior possibilidade de fit cultural nos recrutamentos e seleções;
  • Ambiente de trabalho mais saudável;
  • Clareza de comunicação;
  • Melhor gestão de recursos e economia para a empresa;
  • Atração de novos talentos;
  • Visão e gestão de desempenho da equipe;
  • Mais engajamento e melhor produtividade dos colaboradores;
  • Otimização do tempo em processos;
  • Fortalecimento da cultura;
  • Destaque competitivo frente ao mercado.                                                                                                                                                

Cada um desses itens tem influência direta nos balanços e números do negócio. Além de que, contar com times engajados e abertos a se desenvolverem continuamente são fatores gratificantes para qualquer gestor, não é mesmo?

Comece agora a remodelar a atuação do seu RH

Agora você já sabe tudo sobre o que é um RH estratégico, quais seus benefícios e como começar a trabalhar nesse reposicionamento. Ficou fácil perceber que alguns movimentos são esperados e que faz sentido seguir em direção a essa mudança, né?

Então, para te auxiliar na missão de turbinar a atuação do seu time de Recursos Humanos, temos um convite especial!

A Pulses, plataforma de gestão contínua de pessoas, preparou uma trilha de conhecimento totalmente focada em transformações possíveis e esperadas para o RH em tempos de digitalização acelerada e de novas disponibilidades de tecnologia.

Faça sua inscrição e mergulhe no tema para ter novos insights e comece já a fazer a diferença na sua empresa:

banner azul mostrando formulários na tela de um computador em referência ao rh estratégico digital

Michelly Dellecave Cofounder, Head of Education & Brand da Pulses. Psicóloga, Mestre em Psicologia, pós-graduada em Gestão Estratégica de Pessoas e especialista em Leitura e Manejo de Grupos. Experiência na área de Recursos Humanos e Professora de cursos de graduação e pós-graduação. linkedin.com/in/michelly-dellecave/
O que você achou ?
Curti
Divertido
Adorei
Surpreso
Chateado

Obrigado pelo seu feedback!

Através dele conseguiremos melhorar cada vez mais a sua experiência.

Quer receber mais conteúdos incríveis?

Cadastre-se e receba semanalmente nossos conteúdos por e-mail!