Home » Blog » RH » RH Ágil: saiba o que é e como aplicar estrategicamente em 7 passos
Compartilhe

RH Ágil: saiba o que é e como aplicar estrategicamente em 7 passos

Foto de César Nanci, especialista Pulses em Data Science
Por Cesar Nanci 10 min leitura

O RH ágil é uma metodologia que torna a área de recursos humanos mais estratégica a fim de acompanhar o dinamismo do mercado e manter profissionais capacitados, colaboradores engajados e a autonomia e cooperatividade dos times.

Entenda por que as metodologias ágeis na área de recursos humanos são tendência e veja como implementar na sua empresa

Desafios e oportunidades ressignificaram o papel do time de Recursos Humanos e gerir pessoas corresponde a uma atividade corporativa cada vez mais estratégica. Frente a esse cenário, surge o conceito de RH Ágil (ou RH Agile).

Ele preenche os pré-requisitos de uma área que precisa demonstrar flexibilidade e adaptabilidade. O termo, que designa essa outra projeção para a gestão de pessoas, deriva de uma metodologia utilizada por desenvolvedores de software.

Mas, o que uma coisa tem a ver com a outra?

É o que você vai descobrir com a leitura deste artigo! Entenda, também, os impactos e benefícios de ações de um time direcionado por essa forma de atuação e saiba como implementar iniciativas desse tipo na sua empresa.

Blocos coloridos formando a palavra agile

O que é RH Ágil?

O termo “ágil” é uma resposta à demanda por mudanças cada vez mais rápidas, a fim de acompanhar o dinamismo do mercado. Basicamente, um RH ágil é aquele que constrói e mantém os seguintes aspectos:

Formulários preenchidos dentro de computador em referência a trilha do rh digital
    • equipe de profissionais capacitados;
    • colaboradores altamente engajados;
    • times que trabalham com autonomia e de forma colaborativa.

Trata-se de um meio de tornar o setor mais fluido, além de aumentar sua flexibilidade e capacidade de resposta aos desafios que surgem.

Com o apoio da tecnologia, é preciso redirecionar o foco dos modelos tradicionais de planejamento e gestão para outros mais ativos, voltados para o curto prazo e para as pessoas.

As empresas que conseguirem acompanhar e se adaptar a esse cenário poderão criar oportunidades e se posicionar de maneira vantajosa.

A origem do conceito ágil em gestão

Práticas ágeis em gestão são uma adaptação da Metodologia Agile, oficializada por um manifesto de desenvolvedores em 2001. O documento resultou de uma reunião de profissionais que buscavam uma alternativa para processos de produção de softwares.

Em resumo, as diretrizes recomendam:

    • prevalecimento de indivíduos e interações sobre processos e ferramentas;
    • software em funcionamento mais que documentação abrangente; 
    • relação colaborativa do cliente sobre o contrato;
    • disponibilidade para mudanças, em vez de somente seguir um plano. 

A abertura para um formato de gestão mais versátil passou a ser referência para gestores de outras áreas, e não somente as ligadas à tecnologia. Foi assim que o método chegou aos times de RH, propondo um mindset contrário a demandas puramente administrativas.

Por que a gestão precisou mudar?

A adoção da filosofia de pensamento ágil é uma consequência de várias transformações ocorridas nas relações corporativas. Outro estilo de liderança distanciou modelos puramente hierárquicos e rígidos.

Esses fatores, acompanhados pela chegada de novos recursos e tecnologias, provocaram uma virada nos modelos já conhecidos de gestão das empresas.

A visão de métricas e as possibilidades de interpretação da realidade agregaram novas práticas e possibilitaram a gestão de performance.

A transformação digital no RH é um símbolo importante do reposicionamento do setor nas corporações. Entenderemos, na sequência, o porquê disso. 

Diferenças entre RH Ágil e RH Tradicional 

O empoderamento dos gestores de Recursos Humanos com números e insights sobre as equipes das empresas trouxe liberdade para a valorização de iniciativas voltadas a mudanças. Esse é o foco de um RH Ágil!

Muito além de recrutar profissionais e cumprir com tarefas burocráticas referentes aos colaboradores, algumas características remodelaram uma boa performance da área.

É necessário inovar, usar a criatividade e ter atitudes antecipadas frente à probabilidade de lidar com diversos cenários em curtos espaços de tempo. 

Confira no quadro abaixo um comparativo entre perfis de RH voltados às novas perspectivas e o modelo que já pode ser considerado ultrapassado no mercado atual. 

Quadro comparativo entre o rh ágil e o tradicional

É perceptível o quanto a filosofia ágil trouxe humanização e aspectos táticos à rotina de times de RH. O reflexo dessa nova postura influenciou todos os departamentos e o estilo de gerir negócios, com um desenvolvimento da liderança diferente. 

Quais são os impactos do RH Agile nas empresas?

Ações alinhadas ao pensamento ágil tendem a proporcionar mais rapidez nas rotinas. Outro traço que pode ser destacado é a preocupação com a qualidade, já que o RH Agile está sempre avaliando as oportunidades para melhoria contínua dos processos. 

Políticas transparentes e inclusivas resultam em maior engajamento por parte da equipe. Isso interfere diretamente no clima organizacional, e fortalece a cultura da empresa com base em valores de incentivo e desenvolvimento. 

Com a motivação contínua dos colaboradores como objetivo, a gestão ágil de RH procura criar um ambiente apropriado e de confiança para o envolvimento e prazer com o trabalho.

O que ele muda no papel dos profissionais de RH?

Toda essa mudança acaba exigindo uma nova postura dos profissionais de RH, que são fundamentais para construir a agilidade almejada por toda a empresa. Por isso, esses talentos precisam ser preparados para:

    • estabelecer redes colaborativas em vez de estruturas hierárquicas rígidas;
    • comunicar com transparência, flexibilidade e clareza; 
    • assumir um compromisso com o time e inspirar outros setores; 
    • contribuir para o desenvolvimento, o crescimento e a felicidade das pessoas com o trabalho;
    • incentivar as mudanças e acolher novas ideias;
    • ajudar a estabelecer um ambiente de trabalho confiável.

A transformação deve começar o quanto antes

A Gartner apurou, em 2021, que 74% dos diretores de RH afirmam que suas organizações estão passando por transformações para se tornarem mais ágeis. A instituição divulgou quais os principais procedimentos adotados por empresas que já compreenderam essa necessidade: 

O que as equipes de RH estão fazendo? 

Quadro com informações sobre o que as equipes fazem para ter uma área de recursos humanos ágil

Metodologias ágeis aplicáveis à área de Recursos Humanos

A orientação mais expressiva em uma gestão baseada em agilidade é reconhecer que o que o levou ao lugar em que se está hoje provavelmente não o levará aonde você está tentando ou precisa ir. 

A mudança significativa de mentalidade leva a uma jornada de aprendizados, e muitas das respostas serão encontradas ou alteradas ao longo do caminho, junto à equipe. Para isso, algumas ferramentas auxiliam as práticas no dia a dia. 

Conheceremos a seguir quais são elas e como podem ser utilizadas por times de RH. 

Kanban

A palavra Kanban é japonesa e significa “cartão” ou “placa visível”. Elaborada para mensurar o tempo em relação à produtividade, propõe a utilização de meios visuais para gerenciar as etapas das atividades. 

Em um quadro, a equipe pode acompanhar o status de cada tarefa, divididas entre colunas que indicam “Por fazer”, “Em andamento” e “Feito”:

Também existem opções de plataformas ou softwares para administrar tudo de forma digital, como o Trello e o Asana.

Scrum

Considerado um framework, divide os trabalhos em ciclos conhecidos como Sprints. A ideia é que o time trabalhe junto para solucionar problemas mais complexos, entregando resultados de alto valor para a organização

Alguns rituais são fundamentais ao longo do processo, como:

    • sprint planning meeting: reunião para definição das prioridades e definição das tarefas de cada membro da equipe;
    • daily scrum: encontro rápido, que geralmente é realizado antes do início das atividades diárias, para alinhar o que foi feito, as dificuldades e novas demandas do dia.

Squad

Com Squads, o propósito é estimular a autogestão e dar autonomia a pequenos grupos multidisciplinares dentro da empresa. A equipe tem uma missão e liberdade para decidir todas as ações necessárias até o fim do projeto.

Nesse caso, é interessante unir profissionais de áreas diversas. O RH atua como motivador e equilibra questões como feedbacks e comunicações para amparar as relações de trabalho. 

Como implementar o RH ágil?

Basear-se na filosofia ágil pressupõe revisões de estrutura e regimes internos, tanto da equipe de RH quanto da empresa. Mesmo porque tudo deve estar alinhado ao estilo e cultura organizacional da marca. 

É preciso investir em preparo dos profissionais, com o intuito de desenvolver a mentalidade ágil passo a passo. Só assim é possível assegurar confiança e engajamento para um novo posicionamento eficaz. 

Por se relacionar com todas as áreas de uma empresa, o RH assume um papel estratégico no que diz respeito à implantação de uma abordagem ágil. Por isso, ele deve encabeçar as novas práticas organizacionais e amadurecê-las internamente.

Assim será possível assumir a orientação da metodologia em todos os outros setores.

7 passos para ter um time de Recursos Humanos Ágil 

Para auxiliar gestores na missão de transformar as práticas do time de RH, algumas medidas são imprescindíveis até que se concretize com sucesso um novo modelo de gestão. 

Preparamos uma sugestão de etapas a serem seguidas durante esse movimento: 

Passos para ter um rh ágil

Não se esqueça de reavaliar o sentimento do time a cada ação, e de monitorar os resultados a fim de descobrir se a empresa está, ou não, no caminho mais adequado para a gestão.

Mensure as ações do RH por meio de Pesquisas Contínuas

Existe apenas uma maneira de saber se houve progresso ou se as mudanças não causaram tanto impacto na realidade das equipes.

Ter esse comparativo é essencial, e ferramentas de pesquisas são capazes de traduzir em dados quais são as impressões dos colaboradores acerca da gestão.

As pesquisas contínuas por pulso são um instrumento poderoso para melhoria contínua (que, aliás, é uma das prerrogativas do pensamento ágil, como vimos neste artigo).

Pensando em como oferecer todo o conhecimento necessário para revolucionar a atuação do seu time, reunimos conteúdos imperdíveis sobre RH Ágil e Digital para complementar sua jornada!

Acesse agora os materiais da Pulses no kit RH Ágil e Digital com dicas para inovar e melhorar sua empresa!

Pessoas trabalhando ao redor de engrenagens em referência ao rh ágil e digital

Cesar Nanci Cesar Nanci é Cofounder e CEO da Pulses. Especialista em Data Science, dedica-se à aplicação dos conceitos de Analytics e Big Data à gestão de pessoas (People Analytics), com foco especial em Engajamento e Performance. Doutor em Engenharia de Produção e Six Sigma Black Belt. Possui 15 anos de experiência no ramo de consultoria. linkedin.com/in/cesar-nanci/
O que você achou ?
Curti
Divertido
Adorei
Surpreso
Chateado

Obrigado pelo seu feedback!

Através dele conseguiremos melhorar cada vez mais a sua experiência.

Quer receber mais conteúdos incríveis?

Cadastre-se e receba semanalmente nossos conteúdos por e-mail!