Home » Blog » Clima organizacional » Afinal, como é o clima organizacional no Google? Descubra aqui!
Compartilhe

Afinal, como é o clima organizacional no Google? Descubra aqui!

Foto de Renato Navas, Especialista Pulses em People Sucess
Por Renato Navas 3 min leitura
Duas pessoas apertando as mãos em referência a indicação de parceiros do Pulses Partners
Duas pessoas conversando em referência ao parceiro Pulses Partners
Banner azul chamando parceiros para se destacar no mercado com o Pulses Partners

Não é novidade que a Google esteve muitos anos em destaque como uma das melhores empresas na qual se pode trabalhar. Mas, afinal, o que faz ela ser tão diferente e cobiçada pelos profissionais? A resposta está na forma como os seus líderes estabelecem o clima organizacional.

 

Da estrutura da companhia até o tratamento recebido na rotina de trabalho, absolutamente tudo interfere na satisfação do funcionário com o negócio. Então, pensando nisso, separamos neste post algumas práticas adotadas pelo Google que podem inspirar você a melhorar o seu clima organizacional e tornar a sua empresa um bom lugar para trabalhar.

 

Quer conferir? Fique conosco e tenha uma ótima leitura!


Cultura de dono

 

A Google estimula um comportamento interessante nos seus funcionários: a motivação por desafios e um posicionamento de dono. Basicamente, a qualidade de uma ideia importa mais do que a sua origem ou a pessoa de quem ela surgiu, logo, todos podem propor melhorias.

 

Duas pessoas olhando o aplicativo da Pulses em referência a adesão à pesquisa contínua de clima organizacional por pulso
Pessoa segurando um ícone feliz na capa de ebook sobre o instrumento pulses para pesquisas de clima organizacional
Foto de Cesar Nanci para falar sobre continuous sensing, a evolução das pesquisas de clima organizacional
Pessoa apresentando estatísticas em referência aos motivos para realizar pesquisa de clima organizacional

Essa ideia funciona desde que um dos fundadores enfrentou uma experiência frustrante ao utilizar o buscador da empresa. Ele imprimiu a página que provocou a sua insatisfação e a fixou nos corredores, com a frase “estes anúncios são horríveis”.

 

O desfecho dessa história é que os próprios funcionários resolveram o problema criando o Google Adwords. Ou seja, mesmo não sendo os responsáveis pela área, eles assumiram o desafio.


Atenção ao processo de contratação

 

Outro ponto que merece destaque na estratégia da Google é a relevância que é atribuída ao processo de seleção e contratação de pessoas, o que afeta diretamente o seu clima organizacional.

 

Em primeiro lugar, a empresa prioriza profissionais que sejam reais engenheiros de software, chegando a dispensar um talento — mesmo que seja superqualificado — se ele não for um engenheiro. Isso é o que garante que os funcionários terão conhecimento sobre o produto e se tornarão experts nele.

 

Além disso, a Google procura sempre perfis de profissionais que adorem aprender e que gostem de mudanças. Isso é considerado essencial a quem quiser trabalhar na empresa.


Ambiente descontraído e estimulante

 

Mais um fator que muda bastante o clima organizacional da Google é o investimento em um ambiente de trabalho casual e democrático. Como a empresa não tem o hábito de seguir estruturas muito hierárquicas, seus profissionais têm mais liberdade para atuar de maneira colaborativa, expressando suas opiniões e propondo ideias.

 

Ela também oferece uma série de benefícios para tornar esse ambiente mais atrativo, como cortes de cabelo, comida gourmet gratuita e serviços de lavanderia sem sair do trabalho. E os funcionários ainda podem escolher trabalhar em espaços coloridos e estimulantes, com diferentes iluminações, mesas coletivas ou individuais, e assim por diante. Tudo para que essas pessoas se sintam, de fato, felizes!

 

Enfim, é extremamente importante acompanhar empresas inovadoras, como a Google, para entender como elas gerenciam o seu clima organizacional. Mesmo que o seu negócio não seja do setor de tecnologia ou não tenha uma grande estrutura, sempre é possível replicar algumas ideias para inovar a rotina da sua equipe, desde mudanças no ambiente físico até o estímulo a uma cultura diferente, por exemplo. Pense nisso!

 

E agora, se gostou desta leitura, que tal ficar por dentro dos próximos posts exclusivos? Assine a nossa newsletter e receba os melhores materiais em primeira mão no seu e-mail!

 

Renato Navas Renato Navas é Cofounder e Head de People Success da Pulses. Psicólogo, pós-graduado em Administração, especialista em Leitura e Manejo de Grupos, Executive Coaching & Leadership Mentoring, Análise Transacional e Team Coaching. Experiência de mais de 15 anos em programas de desenvolvimento de liderança e de RH. Professor de pós-graduação em Gestão de Pessoas.  linkedin.com/in/renato-navas-27888016/
O que você achou ?
Curti
Divertido
Adorei
Surpreso
Chateado

Obrigado pelo seu feedback!

Através dele conseguiremos melhorar cada vez mais a sua experiência.

Quer receber mais conteúdos incríveis?

Cadastre-se e receba semanalmente nossos conteúdos por e-mail!