Home » Blog » Bem-estar » Ambiente de trabalho saudável: o que fazer para manter
Compartilhe

Ambiente de trabalho saudável: o que fazer para manter

Por Michelly Dellecave 9 min leitura

Entenda qual a importância de promover o bem-estar nas empresas e confira dicas para criar um local agradável

Garantir o ambiente de trabalho saudável proporciona excelentes ganhos para a equipe e para a empresa, além de favorecer a excelência dos resultados

É isso mesmo: iniciativas dedicadas a manter um bem-estar no ambiente corporativo podem mudar a realidade da empresa! Para isso, algumas políticas e estratégias são um ótimo ponto de partida. 

Falaremos sobre o assunto neste artigo, além de apresentarmos sugestões para agregar à rotina corporativa:

  • confiança;
  • transparência;
  • harmonia entre as equipes;
  • alta produtividade;
  • colaboração;
  • engajamento;
  • motivação.

Sim, tudo isso tem a ver com a qualidade do ambiente de um negócio.

Podemos ter a impressão de que a expressão “ambiente de trabalho” se refere ao espaço físico, mas é muito mais que isso. Entram nessa conta todos os fatores que envolvem a vida profissional. 

Estamos falando, portanto, das disposições físicas em conjunto com as relações interpessoais, com os equipamentos disponibilizados e com a rotina de forma geral

Então, não perca tempo. Mergulhe nesta leitura e descubra contribuições imperdíveis para melhorar o dia a dia da sua empresa.

Grupo de pessoas trabalhando felizes em um escritório em referência ao ambiente de trabalho saudável

O que é um ambiente de trabalho saudável 

Já citamos acima algumas das qualidades atribuídas a bons ambientes corporativos, certo? Desse modo, podemos classificar um ambiente de trabalho saudável como aquele que preza pela saúde, bem-estar e satisfação da equipe.

Em outras palavras, é aquele que cumpre todos os requisitos para que os colaboradores se sintam motivados.  

E sabe por que isso tem tanta influência na trajetória e resultados da empresa? Porque assegurar estrutura e boas condições de trabalho fará com que os profissionais literalmente “vistam a camisa” da corporação.

Qual a importância de manter o local de trabalho agradável

A lógica é simples. Quando estamos em um ambiente do qual gostamos, não sentimos vontade de ir embora. Queremos interagir e vivenciar o momento o máximo possível. É assim que funciona em um local de trabalho.

Se o ambiente provoca sentimentos ruins, os colaboradores ficarão indispostos e terão vontade de se afastar. 

Uma pesquisa divulgada pela American Psychological Association (APA) mostrou que, entre adultos empregados, o trabalho é um fator de estresse para 6 a cada 10 entrevistados (63%)

A pandemia foi um agravante: 68% relataram ter sofrido impactos negativos no emprego. 

Frente a essas dificuldades, convém aos times de Recursos Humanos das corporações uma atuação estratégica.

Diante das particularidades e do perfil da empresa, de que forma é viável fazer com que o dia a dia fique mais leve?

A Universidade Warwick, uma das principais instituições do Reino Unido, realizou estudos e levantou a informação de que pessoas felizes são 12% mais produtivas. Como podemos ver, a felicidade no trabalho pode trazer muitos benefícios!

Fatores que prejudicam o ambiente de trabalho saudável

A Pulses, plataforma de gestão contínua de pessoas, preparou uma lista com todos os pontos que influenciam negativamente o ambiente corporativo

  • alta competitividade;
  • falta de estímulos ao bem-estar dos colaboradores;
  • pressão contínua;
  • falta de reconhecimento;
  • metas superestimadas;
  • recursos de tecnologia insuficientes ou ultrapassados;
  • desrespeito às cargas horárias de trabalho;
  • ambiente hostil, bagunçado e sem limpeza;
  • falta de feedbacks;
  • ausência de diversidade;
  • falhas de comunicação interna;
  • poucos ou nenhum benefício. 

Confira com atenção! Caso algum deles inspire dúvidas ou provoque reflexões sobre sua equipe, considere a possibilidade de investigar a situação. 

Como medir a saúde da sua empresa

Algumas ferramentas são capazes de mensurar informações e apontar se o ambiente de trabalho está ou não saudável. É a leitura de indicadores que permite essa visão. 

Para facilitar o processo, existem tecnologias focadas nesse objetivo. Elas se baseiam em instrumentos que descreveremos nos tópicos a seguir!

Pesquisa de Clima

Pesquisar o clima não é algo novo. Afinal, sempre foi muito comum responder questões sobre a empresa em uma espécie de retrospectiva uma vez por ano. 

Sim, era!

Especialistas e gestores de RH que já entenderam a importância de um planejamento estratégico para a área fazem diferente.

As pesquisas de clima, hoje, se mostram eficazes quando aplicadas frequentemente.

As pesquisas contínuas por pulso são elaboradas de acordo com metodologias específicas. O objetivo é engajar um bom número de respondentes e abordar os pontos certos para embasar tomadas de decisão

Recursos como Inteligência Artificial (IA) e contar com uma boa base de dados têm se tornado indispensáveis para o sucesso da gestão. 

eNPS

Perceba a diferença: se você conhece o Net Promoter Score, fique sabendo que há também o Employee Net Promoter Score (eNPS). Em vez de interpretar o nível de aceitação dos clientes, o eNPS avalia se o negócio é um bom lugar para se trabalhar.

Voltado para a equipe, é usado por empresas como Apple, Amazon e Walt Disney. 

Os colaboradores são tratados como clientes internos. Se o grau de satisfação tiver um resultado baixo, entende-se que os respondentes com menor grau de satisfação podem deixar a corporação a qualquer momento. 

Esse é um indicativo de que um plano de curto, médio ou longo prazo precisa ser feito. Depende das circunstâncias e do problema que for detectado em análises mais apuradas. 

Partiremos agora para uma lista de sugestões que podem ser ótimas ideias para tornar a empresa um bom lugar para se trabalhar!

6 dicas para criar um ambiente de trabalho saudável 

Qual é o caminho para constituir um bom ambiente de trabalho? Como comentamos acima, é claro que isso está condicionado a um diagnóstico.

Antes de tomar qualquer iniciativa, conheça a fundo a situação em que se encontra a empresa.

Depois desse primeiro passo, algumas ideias podem inspirar ações eficazes. Vamos a elas!

1 – Liderança participativa

Um estilo de gestão envolvente geralmente conta pontos para o clima organizacional e para a produtividade do time. Posturas autoritárias e que desconsideram a opinião dos liderados não são bem vistas. 

Vale, sim, adotar um perfil motivacional, valorizar a coletividade e formar líderes que se colocam ao lado dos profissionais no dia a dia.

O RH tem o papel de orientar o perfil de gestão com treinamentos e desenvolvimento das lideranças.

Uma análise proposta pelo Índice de Confiança Robert Half acerca dos dados do novo Caged revelou o quanto os líderes são influentes.

O motivo campeão dos colaboradores brasileiros satisfeitos com seus empregos atualmente (36% dos entrevistados) é o relacionamento com o gestor direto. 

2 – Flexibilidade

Se o teste ainda não foi feito, aposte em modelos híbridos de trabalho e em horários flexíveis. 

A pandemia acelerou a introdução dessas novas possibilidades nos regimes de trabalho. E tem dado certo!

Principalmente em cidades grandes, permitir o home office elimina o tempo perdido na locomoção. 

Números divulgados pelo LinkedIn dão conta de que 70% dos gerentes ouvidos relataram aumento na produtividade no trabalho remoto. No caso dos colaboradores, 95% tiveram essa percepção.

Pense nessa proposta! É fácil, certamente vai engajar o time e atrairá novos talentos para a empresa.

3 – Práticas de reconhecimento

Reconhecer é valorizar! E o time de RH deve lembrar os gestores constantemente sobre essa prática. E não falamos somente de projetos e grandes entregas.

É fundamental o reconhecimento de pequenas metas, também.

Esse tipo de ação faz com que o senso de pertencimento seja fortalecido. Através de pequenos marcos, os colaboradores adquirem visão do quanto contribuem para os resultados finais do negócio.

Evite que o time caia em descontentamentos e se desmotive!

4 – Medidas de proteção contra covid-19

Sentir-se seguro é primordial para exercer qualquer trabalho. A pandemia trouxe uma nova necessidade: a adaptação dos ambientes para reduzir as chances de contágio pelo vírus COVID-19

Distanciamento, higienização e espaços bem ventilados são algumas das providências a serem tomadas. Considere, ainda, distribuir máscaras e conscientizar os funcionários sobre afastamentos em caso de qualquer sintoma relacionado à doença. 

Observar e se preocupar com a saúde mental é mais um fator fundamental! Níveis de estresse, sentimento de solidão e sensação de esgotamento são ocorrências que podem ser comuns frente ao cenário que atravessamos. 

5 – Diversidade

Quão diverso é o quadro de colaboradores da sua empresa? 

Um time diverso favorece a inovação e a harmonia na rotina corporativa. Isso pode contar muitos pontos para um ambiente de trabalho saudável!

Em um artigo publicado pela Harvard Business Review, Naomi Wheeless (chefe global de sucesso do cliente na Square) fala sobre o tema.

Ela reforça a relevância de contratar pessoas com diferentes linhas de pensamento, gênero, orientação sexual, localização geográfica, raça e quantos fatores mais forem possíveis

Diversidade e inclusão aumentam os lucros. Empresas como Google, Adidas, Amazon e JP Morgan Chase já estão atentas a esse detalhe.

6 – Comunicação interna e relações interpessoais

Reunimos a comunicação corporativa às relações entre os profissionais no mesmo tópico por se tratarem de questões interligadas. Ritos e eventos internos, comunicados, e quaisquer ferramentas que levem informações favorecem também as trocas entre as equipes

Mas, é claro: vale também incentivar a união entre as pessoas. A colaboração, o respeito e a solidariedade são valores indispensáveis para evitar a alta competitividade.

Equipes integradas trabalham melhor e são mais produtivas!

Valorize a saúde e o bem-estar dos colaboradores

Depois de conferir as seis dicas acima, tenha em mente que falar sobre um bom ambiente corporativo é uma questão integral de saúde. É garantir a energia, o conforto e a satisfação daqueles que fazem a empresa crescer e alcançar seus objetivos.

Ao implementar ações com esse foco, com certeza os resultados das pesquisas de clima terão um grande impacto. Para melhor!

E, para trazer ainda mais ideias, separamos mais um conteúdo imperdível da Pulses para te indicar: são 25 sugestões para promover saúde e bem-estar nas empresas. Acesse e confira!

Colaborador ao lado de um celular com imagens de frutas em referência a ambiente de trabalho saudável

Michelly Dellecave Cofounder, Head of Education & Brand da Pulses. Psicóloga, Mestre em Psicologia, pós-graduada em Gestão Estratégica de Pessoas e especialista em Leitura e Manejo de Grupos. Experiência na área de Recursos Humanos e Professora de cursos de graduação e pós-graduação. linkedin.com/in/michelly-dellecave/
O que você achou ?
Curti
Divertido
Adorei
Surpreso
Chateado

Obrigado pelo seu feedback!

Através dele conseguiremos melhorar cada vez mais a sua experiência.

Quer receber mais conteúdos incríveis?

Cadastre-se e receba semanalmente nossos conteúdos por e-mail!